Este espaço destina-se à divulgação de Noticias, Ideias e Pensamentos e ao debate de temas relacionados com o Mar, a Politica, a Cidadania, o Turismo, a Sociedade e a Cultura em geral. FOI ADICIONADO UM CONTADOR A PARTIR DE NOVEMBRO DE 2010
Quarta-feira, 23 de Junho de 2010
José Saramago

José Saramago nasceu a 16 de Novembro de 1922, na Rua da Alagoa de Azinhaga (Ribatejo, Golegã, Portugal) no seio de uma família de camponeses. Os seus pais são José de Sousa, jornaleiro, e Maria de Jesus, doméstica. Aquando da sua inscrição na escola primária da Rua Martins Ferrão, descobre-se que um funcionário do Registo Civil da Golegã incluiu como apelido na sua certidão de nascimento a alcunha familiar, Saramago. Desta forma, torna-se no primeiro Saramago da família Sousa. Se assim não tivesse acontecido, o seu nome seria José de Sousa e não José de Sousa Saramago.

José Saramago, dadas as dificuldades económicas da família, apenas concluiu os estudos secundários, no entanto como autodidacta acaba por desenvolver um percurso profissional que vai do jornalismo á politica. Apesar de ter alguma experiência em serralharia, em edição e produção literária, em tradução e jornalismo, em 1976 fica no desemprego e decide então dedicar-se por inteiro á literatura. Autodidacta, romancista, poeta e dramaturgo, assim nasceu a obra que José Saramago legou ao mundo. 

Gosto de José Saramago, da sua escrita, confesso que de início fiz alguma resistência, não me perguntem porquê pois não sei, mas depois de ler o primeiro livro não mais deixei de ler Saramago.

Gosto particularmente de dois livros: “Levantado do Chão” e “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”. Em “Levantado do Chão”, Saramago expõe a dureza da vida no Alentejo durante o anterior regime, em que os grandes latifundiários eram donos incontestados e, tal como senhores feudais, achavam-se donos das terras e das pessoas.

Em o “Evangelho Segundo Jesus Cristo”, Saramago conta a história da vida de Jesus de uma forma humanizada, com uma visão mais moderna, claramente crítica em relação á religião. Jesus Cristo é apresentado de forma distanciada da representação tradicional que nos é apresentada no Evangelho, distante da forma como a Igreja Católica nos apresenta. Neste romance, é criada a possibilidade de Jesus Cristo ter conhecido o amor da carne com Maria Madalena e dessa forma se ter sentido e reconhecido como homem, com todas as sua fragilidades naturais de um ser humano. É um livro que chocou a igreja católica, principalmente os seus fundamentalista, e que foi censurado no Portugal pós 25 de Abril. Em 1992, quando o então Subsecretário de Estado da Cultura, António de Sousa Lara, o riscou da lista de candidatos ao Prémio Camões, com a conivência de Pedro Santana Lopes, Secretário de Estado da Cultura e de Aníbal Cavaco Silva Primeiro-Ministro, assim se “percebe” porque não esteve o Sr. Presidente da República presente nas homenagens fúnebres ao único português galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, fica assim demonstrado, tal como já frisei noutros artigos, que Cavaco Silva não está ao nível da função que actualmente desempenha - Presidente da República Portuguesa.

O Homem morreu, o escritor José Saramago vai ficar para sempre, a sua obra é imortal, perdurará nos tempos, será de certeza intemporal.

22 de Junho de 2010

António Lemos



publicado por António Lemos às 23:50
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 17 de Junho de 2010
Museu Nacional de Praga (Arte e Cultura)

Na foto: Praça Vaclavské námestí, em cima edifício do Museu Nacional de Praga

 

O Museu Nacional de Praga este imponente edifício neorrenascentista, que fecha a praça denominada, Václavské námestí, foi construído na segunda metade do século XIX pelo arquitecto, J. Schulz. Hoje em dia é a sede do Museu Nacional de Praga, juntando o Museu de Ciências Naturais e Historia os locais que albergam a Biblioteca, (na qual se conservam mais de 1 300 000 volumes e 8 000 manuscritos). O Panteão, rematado com uma enorme cúpula, guarda no seu interior numerosos bustos e estatuas que representam as personalidades mais ilustres da vida cultural checa. As colecções de mineralogia, botânica e zoologia, expõem-se nas alas laterais. Moedas, Medalhas, Documentos de Teatro e outros artefactos, são os objectos que sobressaem na secção de Historia e Arqueologia.

 

Em 2009 tive o prazer de visitar Praga que considero uma das capitais Europeias mais bonitas, repleta de historia de cultura e divertimento, o Museu Nacional de Praga é só uma pequena parte do que termos de conhecimento, arte e cultura se pode visitar em Praga, aconselho vivamente uma visita a Paga na Republica Checa.

António Lemos

 

Visitar Praga:

 http://www.czechtourism.com/por/pt/docs/what-to-see/prague/index.html

 

 



publicado por António Lemos às 17:54
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
29
30


posts recentes

PS: UM JOGO NOVO?

VISITA A ESCAROUPIM, UMA ...

PSP de Cascais interrompe...

A Margarida Partiu, a dor...

VIVA FIDEL!

Thermopylae. História do ...

Diana Johnstone, Hillary ...

“A Linha de Cascais Está ...

Faina Maior – A pesca do ...

A DÚVIDA! Madre Teresa de...

Charlie Chaplin, “O Melho...

E OS ASSASSINOS GRITAM EU...

Defender a Escola Pública

Telescópio Hale

HÁ ANIMAIS A SEREM MAL TR...

40 Anos da Constituição d...

EU VOTO EDGAR SILVA!

O ALMIRANTE PORTUGUÊS – R...

Noam Chomsky: “A pior cam...

Caiu o Governo de direita...

arquivos

Novembro 2017

Maio 2017

Março 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

favoritos

“A FESTA DO AVANTE”, MIGU...

links
Contador
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds