Este espaço destina-se à divulgação de Noticias, Ideias e Pensamentos e ao debate de temas relacionados com o Mar, a Politica, a Cidadania, o Turismo, a Sociedade e a Cultura em geral. FOI ADICIONADO UM CONTADOR A PARTIR DE NOVEMBRO DE 2010
Segunda-feira, 2 de Março de 2009
O GRITO DE UM PESCADOR LUDICO!

 

 

Este “grito” foi enviado pelo companheiro Fernando Lourenço para o meu E-mail e é aqui reproduzido na íntegra. António Lemos

  

"Companheiro lúdico
 
Atrevo-me  a enviar-lhe este meu desabafo e, também, dizer-lhe que poderá fazer dele o que entender!
Nasci à beira mar, mais concretamente no Estoril, a cerca de 100 metros da (então) Praia do Tamariz, assim chamada porque existiam tamareira (muitas) onde hoje há cimento armado e bar e ruído e etc., etc....
Aprendi a pescar com os banheiros, aqueles que estavam ALÍ todo o ano, o Rocha,  o Pereira, o Abel e os outros sazonais, oriundos da zona de Torres, tais como o Carlos, o Manuel Luís, o Agapito e o filho, aos quais posso juntar o Zé Luís das "gaivotas".
Vi crescer a muralha e fazerem o Pontão (cujo projecto foi tantas e tantas vezes indicado e justificado como errado pelo Nuno Banheiro da Praia da Poça....e com razão).
Foi, pois nessa zona, nessas rochas, nessa muralha que dei os primeiros passos na minha actividade lúdica da pesca.
Peixão, peixe-rei, burros e afins, sargos e sarguetas, linguados, solhas. Sardinhas, carapaus, tremelgas, parguetos, bicas, besugos, peixe-agulha, cavala, polvos lulas, chocos, pregados, cachaços, robalos, peixe-porco, tainha, garrento, faneca, badejo eram as espécies que, normalmente, apanhava e levava para casa para gáudio do meu avô, pai e mãe e desespero da minha avó e bisavó que o tinham que amanhar.
Como equipamento bastava-me uma cana-da-índia que "roubava" num qualquer jardim, a seda (fio de nylon), uns chumbos, que nem chumbadas eram e que por vezes eram (tinham que ser) substituídos por pedras e anzóis, aqueles, poucos, que comprava, os que apanhava nas rochas e os me eram ofertados e, por vezes, alfinetes. Carretos!?... Isso era para os meninos ricos! As bobines de madeira da costura da minha mãe serviam-me na perfeição.
O engraçado é que havia peixe, apanhava-se peixe e.............viciei-me na pesca!
Ao meu pai "roubava-lhe" as polveiras.........
Ele e o grupo dele tinham uma Chata e de vez em quando iam para o largo pescar.
Eu por vezes tinha lugar outras, a maior parte, não.
Não ficava aborrecido porque, muitas vezes pedia ao Agapito que me deixasse sair com um CÔCO ao fim da tarde e lá ia eu para "a janela aberta" ou par o pesqueiro dos "moinhos".
Tinha que sair antes do sol se pôr por causa das marcações, dos enfiamentos......senão andava à rola,  à deriva.....
Isto foi passado, passado!
Algo que fortemente me fortaleceu a personalidade e o carácter, que me obrigou ao respeito pelos elementos da natureza, que me tirou medos, que em suma contribuiu para a minha formação como homem.
E hoje??????............
Hoje o que vislumbro pela frente são "senhores", de provável gabinete, que se formaram de joi-stick nas mãos, que olhando eu seu redor não entendem nada de nada mas cuja inveja, pela sua ignorância, pelos seus medos, pela sua falta de formação, pela inexistência de carácter impõem, descabeladamente,  leis sem nexo, sem respeito, sequer pela natureza,  fundamentando-se na sua defesa e com contornos de velados interesses do bárbaro e violento capitalismo selvagem.
Assumo que as quantidades de pescado devam ser controladas, em TODOS os tipos de pesca e de todas as espécies incluindo os mariscos.
Na submarina, na de costa, à bóia ou surf-casting, embarcada ou big-game.
Quero que sejam dadas condições aos agentes para um real controlo, mas de todos os tipos e não só daqueles mais populares ou parentes pobres.
Assumo que deva ser constituído um tempo de defeso de todas as espécies e para todos os tipos de pesca.
Assumo. Até,  o licenciamento da pesca.
Poderia, ainda, assumir, sequer outros aspectos, porém....
EXIJO, EXIJO VEEMENTE QUE TODOS, MAS TODOS OS ASSUNTOS DE E PARA A PESCA LÚDICA / DESPORTIVA SEJAM UNICA E EXCLUSIVAMENTER TRATADOS PELOS SEUS PRATICANTES, FILIADOS OU NÃO EM FEDERAÇÕES OU ASSOCIAÇÕES.
EXIJO E COM CARACTER DE IMEDIATO QUE AS FAMIGERADAS LEIS OU PORTARIAS SEJAM REVOGADAS (e não me venham dizer que, agora, sem elas se iria cair num vazio!)
EXIJO A IMEDIATA SUSPENSÃO OU DEMISSÃO DO OU DOS SENHORES POLITICOS, POLITIQUEIROS E QUEJANDOS QUE "VOMITARAM" CEREBRALMENTE AS REFERIDAS LEIS E PORTARIAS.
EXIJO QUE AS VERBAS DA TRIBUTAÇÃO FISCAL RELACIONADAS, DIRECTA OU INDIRECTAMENTE COM A ACTIVIDADE DA PESCA LÚDICA OU DESPORTIVA SEJAS, DE FORMA CLARA E ENEQUIVOCA APLICADAS NA DEFESA DOS MEIOS NATURAIS E AMBIENTAIS CO-RELACIONADOS COM A PESCA. 
Por fim peço a todos os pescadores lúdicos ou desportivos que procurem assumir um auto-controle em todos os aspectos, tais como, o tipo de capturas, as quantidades capturadas, a não venda do pescado ao comercio / restaurantes, que,  inteligentemente, não dêem cumprimento aos quesitos das portarias, que sejam solidários entre si, que façam questão de respeitar a Policia Marítima promovendo explicação que se julguem mais actuante e justa por incumprimentos motivados pelo repúdio às portarias, sensibilizando os agentes de que nada nos move contra a sua intervenção mas que a não conformidade é resultante da insatisfação reinante, que se promova um esclarecimento junto do Sr. Presidente da Republica relativo ao assunto. 
Muito mais haverá, certamente, a fazer e desenvolver sobre este assunto, que, obviamente, não se esgota aqui.
Fico, pois, obrigatoriamente, disponível para dar, se disso for caso, o meu contributo.
Pela PESCA LÚDICA / DESPORTIVA, pela DEFESA DO PESCADO, pela defesa dos RECURSOS NATURAIS, pela defesa do MEIO AMBIENTE, por NÓS TODOS contra os inconfessáveis COVEIROS da liberdade!
 
Um grande abraço"
 
FERNANDO BRUNO DA CUNHA LOURENÇO
BI 385407 8
TLM 964950303
R. Fonte da Aldeia, 261 – 2,º Dto.
2775 CARCAVELOS   

 



publicado por António Lemos às 19:51
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

VISITA A ESCAROUPIM, UMA ...

PSP de Cascais interrompe...

A Margarida Partiu, a dor...

VIVA FIDEL!

Thermopylae. História do ...

Diana Johnstone, Hillary ...

“A Linha de Cascais Está ...

Faina Maior – A pesca do ...

A DÚVIDA! Madre Teresa de...

Charlie Chaplin, “O Melho...

E OS ASSASSINOS GRITAM EU...

Defender a Escola Pública

Telescópio Hale

HÁ ANIMAIS A SEREM MAL TR...

40 Anos da Constituição d...

EU VOTO EDGAR SILVA!

O ALMIRANTE PORTUGUÊS – R...

Noam Chomsky: “A pior cam...

Caiu o Governo de direita...

Luta pela Paz, questão ce...

arquivos

Maio 2017

Março 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

favoritos

“A FESTA DO AVANTE”, MIGU...

links
Contador
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds