Este espaço destina-se à divulgação de Noticias, Ideias e Pensamentos e ao debate de temas relacionados com o Mar, a Politica, a Cidadania, o Turismo, a Sociedade e a Cultura em geral. FOI ADICIONADO UM CONTADOR A PARTIR DE NOVEMBRO DE 2010
Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006
Sr. Presidente, “água mole em pedra dura tanto dá até que fura”!

Assisti no, dia 16 de Novembro, à primeira entrevista que o Sr. Presidente da Republica deu a uma cadeia de televisão portuguesa, mais propriamente à SIC. Não posso deixar de recordar que a primeira entrevista que Cavaco Silva deu já como Presidente foi a um jornal espanhol, mais propriamente ao El Pais.

Quando soube da anunciada entrevista questionei-me sobre a oportunidade desta, no entanto, compreendi durante a entrevista dirigida pela jornalista Judite de Sousa que, o Presidente mais não pretendia que informar os portugueses que está totalmente de acordo com a política seguida pelo governo liderado pelo Primeiro-ministro José Sócrates, e que também ele, é totalmente cego e surdo em relação aos protestos que têm chegado de todos os quadrantes da sociedade portuguesa. O Sr. Presidente chegou mesmo a declarar que o ruído a mais é prejudicial à governação, pois não deixa governar com tranquilidade, e afirmou ainda, a dada altura, que considera que este governo tem um espírito reformista. Não posso deixar de notar que há mais de 15 anos que andamos em reformas e o próprio Cavaco Silva quando foi primeiro-ministro já afirmava que eram necessárias reformas na educação, na saúde, na função pública e, pasmem-se, governou 10 anos e hoje volta a afirmar que são necessárias reformas para que os portugueses no futuro possam viver melhor.

Quando um Presidente, que se diz de todos os portugueses, não ouve os protestos, não sente o descontentamento que grassa em todos os sectores da sociedade, a começar pelos funcionários públicos, pelos professores, pelos alunos do ensino secundário e universitário, passando pelos milhares de trabalhadores desempregados, pelos médicos, pelos enfermeiros, pelas forças de segurança e pelos militares, pelos milhares e milhares de trabalhadores que, fruto das políticas de emprego dos últimos governos, trabalham em situação precária. Será que o senhor Presidente não vê nem ouve as manifestações de rua, não ouve os autarcas que protestam contra a nova lei das finanças locais, não ouve as populações que protestam contra o encerramento das maternidades, das urgências, dos centros de saúde, as populações que protestam contra a co-inceneração, contra a destruição das florestas e a falta de espaços verdes, contra a poluição dos lagos, dos rios, e do mar. Será que o senhor Presidente é realmente o Presidente de todos os portugueses ou é, isso sim, o Presidente dos Banqueiros, dos offshores, das seguradoras, das grandes empresas de telecomunicações e dos Casinos de Lisboa e do Estoril!?

Os cidadãos deste país gostavam que o senhor Presidente na sua entrevista se tivesse pronunciado em relação à corrupção, à fuga ao fisco, aos impostos que os bancos e as seguradoras não pagam ou pagam menos que as outras empresas, se pronunciasse sobre o desemprego e o emprego precário, sobre a falta de hospitais públicos e de centros de saúde…etc, etc, etc.

O Sr. Presidente da República está efectivamente pouco preocupado com o empobrecimento e cada vez maior endividamento das famílias portuguesas, será que o Sr. Presidente não vê que hoje há cada vez mais pobres e, por outro lado, poucos estão cada vez mais ricos?

A entrevista do Sr. Presidente Cavaco Silva foi realmente muito esclarecedora, se por um lado não disse mais do que já tinha dito na campanha eleitoral, por outro lado disse tudo, disse por exemplo, que o bloco central está definitivamente a funcionar em pleno! Daqui concluímos que a coligação do Presidente da Republica com o Governo do Eng. Sócrates está sincronizada para continuar a fazer ouvidos moucos aos legítimos protestos de todos os quadrantes da sociedade portuguesa. O Sr. Presidente não ouve, o Sr. Primeiro-ministro não ouve, mas os portugueses vão continuar a protestar contra as politicas injustas deste governo dito socialista, e como diz o velho ditado “água mole em pedra dura tanto dá até que fura”. ****António Lemos

 



publicado por António Lemos às 23:36
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

VISITA A ESCAROUPIM, UMA ...

PSP de Cascais interrompe...

A Margarida Partiu, a dor...

VIVA FIDEL!

Thermopylae. História do ...

Diana Johnstone, Hillary ...

“A Linha de Cascais Está ...

Faina Maior – A pesca do ...

A DÚVIDA! Madre Teresa de...

Charlie Chaplin, “O Melho...

E OS ASSASSINOS GRITAM EU...

Defender a Escola Pública

Telescópio Hale

HÁ ANIMAIS A SEREM MAL TR...

40 Anos da Constituição d...

EU VOTO EDGAR SILVA!

O ALMIRANTE PORTUGUÊS – R...

Noam Chomsky: “A pior cam...

Caiu o Governo de direita...

Luta pela Paz, questão ce...

arquivos

Maio 2017

Março 2017

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Abril 2016

Janeiro 2016

Novembro 2015

Outubro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Abril 2006

Março 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

favoritos

“A FESTA DO AVANTE”, MIGU...

links
Contador
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds